Descrição do Produto

Poetizar a temática do amor para uma alma capricorniana e racional parece ser um exercício longe da expressão a palo seco que degustei em João Cabral de Melo Neto. Não obstante, o amor do amor tem sido o meu canto prazeroso nesse livrinho que intitulei de 'Cantares de Amor'. Essas canções não parecem se distanciar das premissas de Octavio Paz ao epifanizar a aura do amor e do erotismo como dupla chama. É nessa duplicidade do sagrado e do profano, na contradição do sentimento humano, que pinto as faces dos diversos amores - Deus, a poesia, Roraima, África, Eros, Afrodite e outros jogos poéticos para sublimar a canção dos Cânticos.


Especificações técnicas de Cantares de amor


Avaliações dos Usuários





    Aguarde alguns segundos...

    Fechar